sexta-feira, outubro 07, 2011

Delírio

Depois de uma dura semana de cama, doente, regresso lentamente ao trabalho que está acumulado e atrasado. Quase em pânico, pelo caminho, provavelmente fruto de um dos delírios febris e dos espasmos musculares a seguinte frase bailou-me no cérebro:

O trabalho é sexo sem prazer.

Deve estar na altura de eu me reformar.

4 comentários:

Baudolino disse...

Um grande amigo meu diz que até aos 40 até o trabalho dá prazer, depois dos 40, até o prazer dá trabalho... Tenho 41. O trabalho nunca me deu prazer e o prazer não me dá trabalho mas o melhor é ficar caladinho... o amanhã fica já ali ao virar da esquina...

carlamferreira disse...

As melhoras!

filipelamas disse...

Muito obrigado:) Depois de meia-dúzia de amigdalites só este ano, com esta última a ser "da pesada", chegou a hora de agendar a operação:) Lá vou eu ter de comer muitos gelados:)

Carla* disse...

Oh, eu sei o que isso é. Mas eu é mais faringites, desde pequena. Eu e a Penicilina sempre fomos grandessíssimas amigas... (e com amigas destas... quem precisa de inimigas!)
Gelados, no Inverno, à lareira, até que sabem bem! É por um bem maior. ;)