quarta-feira, junho 16, 2010

Modern talking


Susan Dorothea White, The Seven Deadly Sins of Modern Times, 1993

Não há tempo para objectar,
nem sequer para pensar.
(I am a think tank)
O tempo é de construir,
fazer, arrefecer e servir.
(working on a self-service basis)
Haverá espaço para imaginar?
Mesmo que não seja criar?
(more than a creative producer)
Teremos oportunidade de ser,
de conjugar o verbo “ter”-
(te) a meu lado
no lusco-fusco
ancorado.
(in fact, a true lover)

F.L.

1 comentário:

Carla* disse...

«Teremos oportunidade de ser,
de conjugar o verbo “ter”-
(te) a meu lado
no lusco-fusco
ancorado.
(in fact, a true lover)»

Gostei muito. :)