domingo, setembro 13, 2009

Sacanas


"Inglourious Basterds" ("Sacanas sem Lei"): Tarantino no seu melhor! Banda sonora desarmante em momentos de intensidade dramática quase impossível de alcançar. Brad Pitt dá vida ao papel que desempenha e o argumento mostra uma II Guerra como nunca a vimos. É certo que a realidade histórica não foi como Tarantino a descreve, mas e se tivesse sido? Quantas vidas não se haveriam salvo e quão mais "divertido" (leia-se o adjectivo em puro estilo cinematográfico, claro está!) tudo teria sido...

6 comentários:

João Fachana disse...

Seria interessante comparar os litros de sangue que jorraram na cena do cinema com os litros de sangue da cena do restaurante de Kill Bill Vol.I. Eu acho que teríamos um empate.

Grande filme, sem dúvida.

du disse...

Christoph Waltz é a melhor peça em cena, para mim. Fenomenal interpretação, a melhor dos últimos anos para mim :)

Inês Guedes disse...

Apesar de Pulp Fiction ser um clássico, eu coloco este Inglourious Basterds ao lado do primeiro. Tarantino fez o raro: a perfeição. Os actores são magnificos, aquele Coronel Landa é arrepiante (que actor!!!), a Shosanna é encantadora e os sacanas são brutais!! Grande filme, sem duvida.

Ignotu disse...

Fiquei curioso...
Bem, sempre é Tarantino!

jünger disse...

vão-me perdoar mas para mim Tarantino é Pulp Fiction. Respeito quem o defende, mas fico triste quando se atesta a sua categoria pela quantidade de ketchup desperdiçado. Tarantino são diálogos brutais, quebras temporais aterradoras, pontes aparentemente desprovidas de qualquer sentido, mas um final onde tudo encaixa como Legos. Tarantino é já alguém a ter em elevada linda de conta, mas perdoem-me, não pelo sangue gratuito que oferece..

P.S. - não deixamos de ter um excelente filme! ;)

x disse...

e o caramba do filme é mesmo bom! :)