quarta-feira, agosto 12, 2009

Hamburg - Das Portugiesische Viertel











6 comentários:

Duarte Canotilho disse...

Isto fez me lembrar a minha ida a Londres.
Uma das estátuas na trafalgar square é de bartolomeu dias..

Claudia Sousa Dias disse...

estou a gostar...



csd

filipelamas disse...

Os Portugueses estão em todo o lado e a nossa repórter está sempre atenta!

Baudolino disse...

Em Siegen, na Westfalia, entrei num café italiano. Enquanto falava com a minha irmã, começaram a juntar-se atrás de nós o 'staff': todos da zona da Serra da Estrela e o clássico: "O meu amigo faz-me lembrar o meu primo!"

É a diáspora, também a dos cafés italianos...

Toutinegra Futurista disse...

Por que razão há portugueses em todo o lado? Eu sei mas não digo, sou agente secreto. Ah, pois...

(Ao Baudolino) E faz, o meu amigo faz mesmo lembrar o primo do jovem no café. Como é que eu sei? Coisas da vida.
Não fique ansioso. É minha obrigação andar informado...

rtp disse...

É verdade, os portugueses estão mesmo em todo o lado.
Mas, apesar de já ter tido a oportunidade de constatar esse facto noutros sítios, o que mais me impressionou (e muito positivamente) em Hamburgo foi a "visibilidade" dessa presença. Havia restaurantes e cafés portugueses por todo o lado, afirmando-se, sem qualquer espécie de "acanhamento", pelas suas especialidades. Julgo que não falto à verdade se disser que na maior artéria de restaurantes da cidade, os restaurantes portugueses ultrapassavam os mais "comuns" restaurantes italianos, espanhois, chineses, etc. em número e em clientela.

Bem Baudolino, vivi um episódio semelhante quando em pleno metro de Hamburdo um senhor se me dirigiu em português, dizendo que me conhecia do Sporting Clube de Portugal! Numas escassas fracções de segundos, perguntei-me como é que o meu "sportinguismo" estava tão acentuado a ponto de ser reconhecido no estrangeiro, sem que eu houvesse proferido uma palavra!?! Afinal apenas me havia confundido com outra sportinguista. :-)))