quarta-feira, junho 04, 2008

Lições intemporais

Enquanto caminhava pelo jardim do palácio, perguntou o jovem príncipe ao sábio grego:
- Mestre, o que é mais importante dominar num povo de modo a que a minha Casa não caia em outras mãos?
- Compreende a música. Domina os músicos.
- Mas... os músicos? – respondeu atónito o príncipe – Eles pouco ganham e não têm poder!
- Atiram com palavras aos corações dos homens, neles semeiam tentações, revoltas, ilusões. Vendem-lhes a percepção de que tudo pode ser mudado. Contra isso, nada podes. Tu, o Senhor teu Pai, nosso Rei, ou o maior monarca de todos os tempos.
Pensativo, o jovem interlocutor voltou à carga:
- Então porque não se matam os músicos todos? Porque enchemos os nossos salões de árias e concertos, de cantos e baladas? – denotava-se argúcia na pergunta.
- Os músicos são como ervas daninhas. Experimenta arrancar uma e logo verás quantas iguais nascem e quão mais fortes se tornam. Aprende, jovem príncipe: o inimigo quer-se por perto, dominável e dominado. Deste modo, o músico é útil à tua Casa: adormece o povo. E enquanto ele dorme, tu e os teus reinam, mandam e desmandam. É a lei natural das coisas...


Acordai - letra: José Gomes Ferreira
música: Fernando Lopes Graça

2 comentários:

Baudolino disse...

Escelente post, Filipe!!
Lições intemporais, mesmo...
Abraço
P.

@zulebranco disse...

Foram dois ou três anosque esta canção através de alguns coros dirigidos pelo saudoso Maestro Lopes Graça entoaram estas heroicas canções de resistência temdo quase sempre por companhia José Afonso, Rui Pato e Adriano, isto nesses tempos difíceis cá dentro no exterior havia também solidariedade poetica e musical como José Mario Branco, Sérgio Godinho Luís Cília e Tino Flores....Obrigado amigo Filipe por mais este momento....